UNIÃO NACIONAL DE
APOSENTADOS E PENSIONISTAS
DO BANCO DO BRASIL
 
 
 
 
 

 

MOVIMENTO PELA UNIÃO NACIONAL

DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO BB

 

 

COMUNICADO nº 9  -  05 de outubro de 2010

 

 

A todas as entidades que nos representam:

 

 

Negociações com o Banco do Brasil

 

 
 
O Movimento pela UNAP-BB, ao completar um ano de existência, considera importante e oportuno dirigir-se a todas as Entidades representativas dos funcionários, aposentados e pensionistas – FAABB, ANABB, AFABB, AAPBB, AFAs, AAPREVI, UNAMIB-BB, AMEST, AABBs, Satélites..., no sentido de lhes encarecer que, em futuras negociações com o Banco do Brasil, considerem como pontos fundamentais, os seguintes:

 

1.   CONSULTA NACIONAL AOS ASSOCIADOS
 

Quaisquer que sejam os negociadores, as propostas e decisões em nome dos associados, deverão ser frutos de consulta nacional, de modo a aferir a real vontade de todos e obter legitimidade de fato.

 

 
2.   A MUDANÇA DE POSTURA DO BANCO
 

Ainda que vista com bons olhos, a mudança de postura do BB, voltando a negociar, parece indicar que ele está com necessidade e pressa para regularizar a questão da contabilização pendente, referente ao superávit. Há quem aponte que essa pendência contábil precisa ser regularizada até o final do presente exercício fiscal. Os nossos negociadores devem estar atentos aos aspectos que pressionam o Banco, e utilizá-los a nosso favor.

 

 
3.   RESTAURAÇÃO DO CORPO SOCIAL E DE SEUS PODERES, INCLUSIVE COM A EXTINÇÃO DO VOTO DE MINERVA A FAVOR DO BANCO
 

É fundamental que, em qualquer negociação que se faça com o Banco, seja incluído o compromisso de uma imediata alteração estatutária que restaure o nosso Corpo Social e seus poderes. 

 

 
4.   O SUPERÁVIT É DOS ASSOCIADOS
 

Deve ser observada a LC 109, para a destinação do superávit, ou seja, ele deve ser destinado, integralmente para revisão benefícios para os associados. Consideramos a Res. 26, sub judice, ilegal.

 

 
5.   É PRECISO APROVEITAR O MOMENTO
 
O momento atual é oportuno para que outras antigas pendências sejam colocadas na mesa de negociações. Por exemplo:
 
a)    O reconhecimento formal e oficial do Banco de que a FAABB é a legítima representante dos aposentados e pensionistas;
 

b)   O fim do controle exclusivo por parte do Banco dos processos eleitorais e de consultas, envolvendo a Previ e a Cassi;

 

 
6      A UNIÃO, INEXISTENTE, MAIS UMA VEZ SE MOSTRA IMPRESCINDÍVEL
 
De novo, num momento crucial, aparecem as divergências entre as entidades que deveriam estar UNIDAS em nossa defesa. Ressaltam as disputas políticas e a DESUNIÃO entre elas.
 
Evidencia-se o que o Movimento pela UNAP-BB vem pregando desde a sua criação: FALTA-NOS UMA UNIÃO NACIONAL de todos os colegas e de todas as entidades.
 

Urge que os nossos dirigentes e lideranças percebam que a estrutura de representação existente é frágil, não funciona e precisa ser reformulada, com urgência, para obter eficiência e legitimidade.

 

 

www.unap-bb.org

 

A UNIÃO DE TODOS É A NOSSA ÚNICA DEFESA EFETIVA

 

(pedimos a todos que ajudem na divulgação deste Comunicado, repassando-o aos seus amigos)